H6 Informatica | Blog com as novidades da internet !!!

out/08

25

Telefônica faz projeto piloto com WiMAX 2,5GHz em SP


:: Da redação
:: Convergência Digital :: 23/10/2008

A partir desta sexta-feira, 24/10, a Telefônica, que obteve autorização da Anatel para fazer um projeto piloto com WiMAX em 2,5GHz ( licença MMDS da TVA), começa a testar a tecnologia em dois bairros da cidade de São Paulo. A Motorola e a Intel são parceiras.

O projeto prevê a oferta de banda larga com velocidade de 2 Mbps para o upload e 600 Kbps para o download. O piloto será realizado nas regiões de Pinheiros e dos Jardins e envolverá 150 clientes.

O projeto-piloto terá duração de três meses, podendo ser prorrogado por mais três, de acordo com os resultados. Utilizando a freqüência de 2,5 GHZ, o serviço testado disponibilizará acesso à internet via banda larga – com velocidade de 2 Mbps para download e 600Kbps para upload – a partir do sinal enviado por três estações rádio base (ERBs) montadas na região, nas ruas Butantã, dos Pinheiros e Bela Cintra.

O serviço funcionará a partir da instalação de um modem WiMAX – conectado apenas à tomada elétrica – que recebe o sinal e redistribui para o computador do cliente.

Sua principal vantagem é possibilitar oferta de banda larga em locais de difícil acesso ou nos quais a utilização de rede de cabos ou fibras óticas não é viável. A Telefônica tem testes semelhantes previstos para acontecer no Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre.

Toda a rede utilizada pelo projeto com a Telefônica foi construída com base na tecnologia WiMAX, da Motorola, em 2,5GHz. A plataforma atuará de forma fixa, apesar de também poder funcionar de maneira móvel, dependendo apenas da regulamentação da Anatel. Dentre os diversos componentes estão as rádio base WAP400, certificadas pelo WiMAX Forum Wave Two Certified.

A solução, destaca a Telefônica, incorpora inúmeras vantagens tecnológicas, tais como MIMO A e B, que permitem o uso simultâneo de duas antenas, aumentando a cobertura das células WIMAX, e até dobrando a taxa de dados para o usuário.

O equipamento conta com cabeças de RF remotas com conexão por fibra ótica e backhaul em IP. Seu consumo de energia é baixíssimo e, ainda, ocupa pouco espaço. A rede também será composta por terminais CPEi150 e CPEi750, ambos pertencentes à terceira geração de dispositivos WiMAX para usuários.

Os produtos são capazes de fornecer grande volume de dados mensais, com instalação simples que pode ser realizada pelo próprio consumidor. Além destas características, o CPEi 750 ainda possui duas portas de telefonia, o que torna possível uma oferta integrada de dados e voz fixa sem fio.

A participação da Intel está ligada à oferta do módulo Wi-Fi/WiMAX integrado para notebooks. A companhia, grande incentivadora da tecnologia no mundo, já anunciou que lançará no primeiro semestre de 2009, o primeiro módulo Wi-Fi/WiMAX integrado da indústria, que será oferecido como um opcional nos notebooks equipados com a tecnologia Intel® de processador Centrino®2. A autorização para o piloto em São Paulo foi concedida pela Anatel no início desta semana.

Fonte: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=16440&sid=8

· · · · · · · · · · · · · · · · · · · · ·

No comments yet.

Leave a Reply

<<

>>

Get Adobe Flash player